Publicidade publicidade

Homens negros podem ter PSA mais elevado

Por Neuza em 10/07/2024 às 09:03

Homens negros podem ter PSA mais elevado

Foto: Reprodução

10 de julho de 2024 (Bibliomed). Um estudo realizado na Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que o teste do antígeno específico da próstata (PSA), há muito utilizado para detectar câncer de próstata, pode levar a um sobrediagnóstico em homens negros.

No estudo, os pesquisadores examinaram os registros médicos de mais de 730 mil homens britânicos, com 40 anos ou mais. Os pesquisadores rastrearam quais dos homens foram diagnosticados com câncer de próstata após receberem um resultado de teste mostrando níveis elevados de PSA.

Mais de 80% dos homens tinham níveis normais de PSA. No entanto, entre os homens com níveis elevados de PSA, os negros normalmente apresentavam níveis mais elevados do que os homens brancos ou asiáticos. Além disso, entre os homens com PSA elevado, os homens negros tinham maior probabilidade de receber um diagnóstico de cancro da próstata.

De acordo com os pesquisadores, isso sugere que os homens negros podem apresentar níveis de PSA mais elevados do que os homens brancos nos testes, mas na verdade não enfrentam um risco maior de câncer de próstata. Os níveis naturalmente mais elevados de PSA nos homens negros podem estar a deixá-los vulneráveis ao sobrediagnóstico.

O maior problema disso, segundo os pesquisadores, é que os homens podem ser submetidos a exames desnecessários, como ressonâncias e biopsias, o que geram, além de custos, desgaste emocional.

Fonte: BMC Medicine. DOI: 10.1186/s12916-024-03283-5.
Copyright © 2024 Bibliomed, Inc.

Fonte: Boa Saúde

Tags:   teste do antígeno específico da próstata
publicidade