Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 14/03/2019 às 16h39min

Bem-estar está associado à boa alimentação

Nutrição e nutrologia são aliadas na luta contra a obesidade.
compartilha nas redes sociais:
Clícia Marinho

A Organização Mundial da Saúde (OMS) listou as 10 ameaças para a saúde em 2019, entre elas, as altas taxas de obesidade entre crianças e adultos. A obesidade já é considerada pela OMS como uma epidemia global e estima-se que 1,9 bilhão de adultos estejam com sobrepeso, onde 600 milhões já estão obesos. A condição gera problemas como o diabetes, aumento do colesterol, triglicerídeos, pressão arterial, indisposição e baixa estima.

Os índices da OMS são alarmantes e nos levam a fazer a seguinte  reflexão: “como estamos nos relacionando com a comida?”. Segundo a nutricionista Danielle Sacramento, do IBMED - Diagnósticos Médicos, o ritmo apressado da vida moderna tem mudado as escolhas de consumo alimentar. “O alimento industrializado é o vilão da boa saúde, seguido do comportamento e do estilo de vida acelerado, que afastam as pessoas do tão sonhado bem-estar ”, destacou Danielle.

A procura por ajuda para equilibrar essa relação entre alimento e corpo saudável chega aos consultórios. De acordo com a nutricionista, o perfil atual de pacientes são pessoas que têm um dia corrido. “A maioria dos pacientes relatam que a falta de tempo é um obstáculo para hábitos saudáveis. Não tomam café da manhã, comem na rua, mastigam pouco e dão preferência a alimentos que dão sensação prazer momentâneo, como, por exemplo, frituras e doces”, ressaltou ela. 

Danielle, que também é coach em emagrecimento, reforça que não existe fórmula para emagrecer e sim, a percepção do autocuidado. “Cada pessoa possui uma necessidade alimentar diferente e seu corpo reage também de maneira única. Quem busca um plano alimentar para emagrecer precisa refletir, por exemplo, como se relaciona com a comida: ‘eu como com atenção? Mastigo o alimento de maneira correta? Me alimento para saciar a fome ou por ansiedade?’ Com esse conhecimento é possível controlar peso, ter um sono reparador e ter mais disposição para o trabalho”, ressaltou a nutricionista.

 

Nutrologia - Nesse cenário de epidemia global de obesidade, uma área da medicina que vem ajudando na luta contra o sobrepeso é a nutrologia, uma especialidade habilitada para o diagnóstico de doenças, prescrição médica e orientação alimentar. A médica nutróloga Sabrina Canal, também do IBMED, explica que a nutrologia e a nutrição se completam quando o assunto é cuidado com a saúde, longevidade e emagrecimento saudável. “Mas, a nutrologia é focada na investigação de deficiências de vitaminas, hormônios e em doenças que tenham relação com a alimentação”, ressaltou Sabrina.

Na consulta com a nutróloga, assim como com a nutricionista, o paciente assume o compromisso de falar francamente sobre seus hábitos alimentares e de sua rotina de vida. É avaliado o histórico de doenças, cirurgias, hábito intestinal, as principais queixas como indisposição, aumento do peso, ansiedade e compulsão. A partir daí, o médico dará início aos procedimentos ambulatoriais necessários. Com base nos exames, é criado um plano de acompanhamento para o combate ou prevenção de doenças com medicação adequada,, orientação alimentar e exercícios físicos.

Segundo Sabrina, além da nutrologia e da nutrição, a psicologia pode ajudar no processo de emagrecimento do paciente. “O acompanhamento multidisciplinar é o ideal, porque esses profissionais irão atuar e tratar na origem de cada deficiência orgânica, psicológica e alimentar”, concluiu a nutróloga. 

 .

Plano alimentar saudável - Comer bem começa pelas escolhas no supermercado ou na feira. A nutricionista Danielle listou algumas dicas acessíveis que irão ajudar na hora de abastecer a geladeira.

  • Antes de ir para o supermercado, faça uma vistoria nos armários e na geladeira.
  • Defina o cardápio da semana, isso ajudará a comprar os ingredientes certos, além de evitar desperdícios.
  • Faça a famosa lista de compras. No celular ou no papel, essa lista será seu guia. Compre o que for necessário a partir do cardápio que planejou.
  • Evite ir para o supermercado com fome. Leve água ou uma fruta na bolsa.
  • Dê preferência à frutas, legumes e verduras da estação. Os preços estarão mais em conta e você terá mais opções para escolher.
  • Vá mais à feira e experimente novos sabores.
  • Use a criatividade com temperos naturais.
Boa alimentação Bem estar

Veja também SAúDE GERAL

STJ julga nesta terça habeas corpus que pode libertar Temer

STJ julga nesta terça habeas corpus que pode libertar Temer

“Sasha sempre fala para eu experimentar maconha”, diz Xuxa

“Sasha sempre fala para eu experimentar maconha”, diz Xuxa

3ª Edição: Dia 25 de Maio é dia de Mais Amor

3ª Edição: Dia 25 de Maio é dia de Mais Amor

Poder Legislativo outorga 2º Prêmio “Destaque Policial do Ano” em Teixeira de Freitas

Poder Legislativo outorga 2º Prêmio “Destaque Policial do Ano” em Teixeira de Freitas

Últimas publicações