Publicidade publicidade

Tartaruga de Couro é encontrada morta na Praia do Marobá em Nova Viçosa

Especialistas alertam para o aquecimento dos mares e poluição costeira

Por Neuza em 04/11/2023 às 09:40

 

Video-Gilvaney Vieira dos Santos

No início da manhã deste sábado (04)  frequentadores da praia de Marobá em Nova Viçosa encontraram uma tartaruga da espécie couro (Dermochelys coriacea), uma das maiores e mais raras do mundo, morta nas areias, chamando a atenção para questões ambientais urgentes.

 

A tartaruga, que media cerca de 1,5 metros de comprimento, estava em avançado estado de decomposição, o que indica que ela pode ter ficado presa em redes de pesca ou ter ingerido plástico, causando sua morte. Infelizmente, essa não é uma ocorrência isolada, pois a região tem testemunhado um aumento preocupante no número de animais marinhos mortos nas praias.

Tartaruga de Couro é encontrada morta na Praia do Marobá em Nova Viçosa

Especialistas em conservação da vida marinha alertam que o aquecimento dos mares é uma das principais ameaças a essas espécies. O aumento da temperatura da água do mar afeta os habitats naturais das tartarugas e outras criaturas marinhas, tornando as praias locais de desova mais quentes e prejudiciais aos ovos.

 

Além disso, a poluição costeira e a crescente quantidade de lixo plástico que chega ao oceano são ameaças graves. Tartarugas marinhas frequentemente confundem sacolas plásticas e objetos descartados com alimentos, ingerindo esses materiais tóxicos, o que pode levar à sua morte.

Video-Gilvaney Vieira dos Santos

Para combater esse triste cenário, é crucial que a comunidade e as autoridades locais estejam atentas e tomem medidas. Aqui estão algumas ações que todos podemos adotar:

 

Descarte Responsável: Não jogue lixo nas praias ou em rios. Certifique-se de que seu lixo seja devidamente recolhido e reciclado.

 

Redução do Uso de Plástico: Diminua o consumo de produtos plásticos descartáveis, como garrafas, sacolas e talheres. Opte por alternativas reutilizáveis.

 

Participação em Limpezas de Praias: Una-se a grupos de voluntários locais que organizam a limpeza das praias.

 

Respeite as Regras de Navegação: Para os pescadores, certifique-se de que suas redes de pesca estejam em conformidade com as regulamentações para evitar a captura acidental de tartarugas e outros animais marinhos.

 

Educação Ambiental: Promova a conscientização sobre a importância da preservação das tartarugas marinhas e do ecossistema marinho em escolas e comunidades.

 

A descoberta da tartaruga de couro morta em Marobá serve como um triste lembrete de que a saúde dos oceanos está intrinsecamente ligada à nossa própria sobrevivência. É hora de agir e proteger essas incríveis criaturas marinhas e o meio ambiente que compartilhamos.

Video-Gilvaney Vieira dos Santo

Fonte: Neuza Brizola/ Bahiaextremosul.

Tags:   Aquecimento dos mares tartaruga de couro Praia do Marobá
publicidade