Publicidade publicidade

Morre aos 11 meses Arthur, filho do cantor Zé Vaqueiro; bebê tinha a Síndrome de Patau

Notícia foi divulgada por meio de nota publicada nas redes sociais dos pais; Arthur foi diagnosticado com doença rara antes mesmo do nascimento

Por Neuza em 09/07/2024 às 10:45

Morre aos 11 meses Arthur, filho do cantor Zé Vaqueiro; bebê tinha a Síndrome de Patau

Mulher de Zé Vaqueiro mostra filho hospitalizado e desabafa nas redes sociais - Foto: Reprodução/Instagram/@ingra_Arthur, o filho caçula do cantor Zé Vaqueiro e sua esposa Ingra Soares, faleceu aos 11 meses de idade. A notícia foi comunicada pelo casal através de uma nota nas redes sociais na madrugada desta terça-feira, 9.

Segundo o comunicado, Arthur sofria de uma condição genética rara conhecida como Síndrome de Patau, também chamada trissomia 13. Essa síndrome é caracterizada pela presença de uma cópia adicional do cromossomo 13 nas células do corpo, afetando severamente o desenvolvimento do indivíduo. Entre as complicações associadas estão problemas cardíacos congênitos e possíveis deformidades cranianas.

Arthur foi diagnosticado logo após o nascimento, em julho do ano anterior, e desde então enfrentava uma série de internações e cuidados médicos intensivos. Ingra Soares compartilhou anteriormente nas redes sociais como descobriu a condição rara de Arthur durante o primeiro ultrassom morfológico da gravidez, onde detectou-se uma alteração que demandava atenção especializada.

A Síndrome de Patau não possui cura, sendo necessário um tratamento multidisciplinar focado em proporcionar conforto e qualidade de vida ao paciente. Ingra Soares havia expressado sua esperança em melhorias para o bebê, apesar dos cuidados serem majoritariamente paliativos.

No comunicado, o casal agradeceu o apoio recebido e as orações destinadas a Arthur durante sua breve vida. A perda de Arthur é uma tristeza profunda para Zé Vaqueiro, Ingra Soares, e todos aqueles que acompanharam a jornada do casal diante da luta contra a condição genética rara do filho.

Fonte: Bahiaextremosul

Tags:   Síndrome de Patau doença rara
publicidade