Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 01/10/2019 às 20h38min

TCM pune acumulação indevida de cargos em Itabuna

Cabe recurso da decisão.
compartilha nas redes sociais:
TCM/BA

Na sessão desta terça-feira (01/10), o Tribunal de Contas dos Municípios julgou parcialmente procedente termo de ocorrência lavrado contra o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes Oliveira, em razão da não adoção de providências para evitar a acumulação ilegal de cargos públicos por servidores municipais, no exercício de 2018. O relator do processo, conselheiro substituo Antônio Emanuel de Souza, multou o gestor em R$3 mil. Também determinou a adoção de providências imediatas para impedir a acumulação ilícita de cargos, empregos ou funções públicas pelos servidores municipais citados no processo.

O relator considerou irregular a acumulação de cargos públicos pelos servidores Cristina Carvalho Menezes; Daniela Dias Bispo; Humberto Luiz de Almeida Goes; Jaqueline de Jesus da Silva; Marcos Jader Souza Vieira; Benício de Andrade; e Cristiano Gomes dos Santos .

Cabe recurso da decisão.

Acumulação de cargos Itabuna

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também BAHIA

Acidentes entre carretas, carro e ônibus matam 6 pessoas na BR-381

Acidentes entre carretas, carro e ônibus matam 6 pessoas na BR-381

Secretaria de Esportes apoia realização de evento de MMA neste sábado (19)

Secretaria de Esportes apoia realização de evento de MMA neste sábado (19)

Líder de grupo criminoso de Itabuna é preso em Belo Horizonte

Líder de grupo criminoso de Itabuna é preso em Belo Horizonte

Foragido da justiça é preso enquanto tentava retirar segunda via de identidade no SAC

Foragido da justiça é preso enquanto tentava retirar segunda via de identidade no SAC

Últimas publicações