Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 25/09/2019 às 16h01min

Polícia encontra corpo de universitária desaparecida em SP

Corpo foi localizado em estrada de terra ao lado de canavial; jovem estava amarrada e amordaçada; laudo do IML deve apontar causa da morte.
compartilha nas redes sociais:
José Maria Tomazela

Policiais civis encontraram no início da tarde desta quarta-feira, 25, o corpo da universitária Mariana Forti Bazza, de 19 anos, que estava desaparecida desde a manhã de terça, 24, em Bariri, interior de São Paulo. O corpo foi achado em uma estrada de terra, ao lado de um canavial, no distrito de Cambaratinga, em Ibitinga, cidade vizinha a Bariri. A jovem estava amarrada e amordaçada. 

Amigos de Mariana Forti Bazza se mobilizaram pelas redes sociais

Foto: Facebook

Segundo a Polícia Civil, o corpo foi localizado depois que um suspeito, Rodrigo Pereira Alves, de 37 anos, confessou o crime. Ele é o homem flagrado por câmeras de vigilância abordando a universitária na saída de uma academia, oferecendo-se para trocar um pneu murcho do carro dela.

A polícia acredita que Alves premeditou o crime e murchou o pneu do carro com esse propósito. Ele já tem passagens por sequestro, estupro e tentativa de latrocínio. Mariana havia fotografado Rodrigo quando ele trocava o pneu e mandou a foto para o namorado, o que também ajudou na identificação do criminoso.

O suspeito foi preso escondido no telhado de uma casa, em Itápolis, onde também foi encontrado o carro da vítima. No veículo, foi encontrado uma faca, mas não havia marcas de sangue. Rodrigo trabalhava como pintor em uma chácara em frente à academia.

A jovem fazia curso de fisioterapia em uma universidade particular de Bauru. O corpo foi levado para perícia no Instituto Médico Legal (IML). O laudo deve apontar a causa da morte e se a jovem sofreu violência sexual. Ainda não havia informação sobre o velório e o sepultamento.

Estava amarrada e amordaçada

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também POLíCIA GERAL

Descarga elétrica em rede da Coelba mata novilhas eletrocutadas em Lajedão

Descarga elétrica em rede da Coelba mata novilhas eletrocutadas em Lajedão

Menina de 13 anos mata sobrinho, irmã grávida e arranca bebê

Menina de 13 anos mata sobrinho, irmã grávida e arranca bebê

Idoso flagrado estuprando sobrinha de 11 anos é morto pela população

Idoso flagrado estuprando sobrinha de 11 anos é morto pela população

Operação Posto Legal conclui 5ª etapa e apresenta balanço dos trabalhos

Operação Posto Legal conclui 5ª etapa e apresenta balanço dos trabalhos

Últimas publicações