Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 04/06/2019 às 19h45min

Mortes violentas seguem em queda na Bahia nos últimos cinco meses

compartilha nas redes sociais:
Alberto Maraux


A diminuição de 14,8% das mortes violentas (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte), na Bahia, nos cinco primeiros meses, foi discutida durante a reunião semanal de avaliação realizada pela Secretaria da Segurança Pública. Integrantes das polícias Militar, Civil e Técnica, além do Corpo de Bombeiros participaram do encontro, na tarde desta terça-feira (4), no Centro de Operações e Inteligência (COI).

Em números absolutos, de janeiro a maio deste ano, foram contabilizados 2.159 casos, contra 2.535, em 2018. “São cinco meses com reduções e as preservações de 376 vidas, na Bahia, e seguimos trabalhando para mantermos esses índices. Lembro ainda que fechamos 2018 com o menor número de mortes dos últimos seis anos, aumentando o nosso desafio em 2019”, destacou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.



A redução na Bahia refletiu os números das macrorregiões, com as quedas em Salvador de 13,5%, na Região Metropolitana de 12,7% e no Interior de 15,6%. “Analisamos, nesta reunião, pontos relevantes, operações, casos emblemáticos, entre outras situações. O principal é que permanecemos com a filosofia de integrar as ações ostensivas e de inteligência”, finalizou Barbosa.

segurança redução mortes

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também POLíCIA GERAL

Plenário do STF decide manter Lula preso em Curitiba

Plenário do STF decide manter Lula preso em Curitiba

Bruno Cardoso, do Sorriso Maroto, é diagnosticado com derrame no pulmão

Bruno Cardoso, do Sorriso Maroto, é diagnosticado com derrame no pulmão

Corpo sem identificação é encontrado com as mãos amarradas em Teixeira

Corpo sem identificação é encontrado com as mãos amarradas em Teixeira

Entenda a endometriose, doença que atinge cerca de 175 milhões de mulheres em todo o mundo e é uma das principais causas da infertilidade

Entenda a endometriose, doença que atinge cerca de 175 milhões de mulheres em todo o mundo e é uma das principais causas da infertilidade

Últimas publicações