Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 29/10/2019 às 18h49min

Mamografia: quando começar a fazer?

Fechando o Outubro Rosa: Converse com seu médico sobre esse exame muito necessário.
compartilha nas redes sociais:
Elen Ribera

Imagem: thomasandreas/iStock

Já sabemos que a mamografia pode salvar vidas. Depois dessa afirmativa simples, vem muita discussão. As mulheres deveriam começar a fazer o exame aos 40 anos ou aguardar até os 50? Esta recomendação pode variar bastante em outros países; no Brasil, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) aconselha a começar aos 50 anos, e a realizar o exame a cada dois anos. Mas a Lei nº 11.664, de 2008, estabelece que todas as mulheres têm o direito de realizar o exame a partir dos 40 anos. O Inca esclarece: a lei não invalida a recomendação anterior, mas existem casos especiais.

Detecção precoce

A recomendação pode ser alterada em alguns casos em que se presume um risco maior de desenvolvimento da doença. Mulheres com histórico familiar de câncer de mama, em que um ou mais parentes de primeiro grau foram acometidos antes dos 50 anos, apresentam um risco mais elevado. Este grupo deve ter acompanhamento desde os 35 anos. Também merecem atenção mulheres que tiveram primeira menstruação precoce;  menopausa tardia (após os 50 anos), primeira gravidez após os 30 ou que não têm filhos. 

Mas… espere!

Para mulheres entre 40 e 49 anos que não se enquadram nestes casos, a recomendação é de que se faça o exame clínico anuala partir dos resultados deste exame, pode ser pedida uma mamografia para checar alterações. Esta fase é muito importante: embora a autopalpação não seja recomendada como método de prevenção isolado, deve ser realizada sempre que a mulher estiver confortável. Pode der durante o banho, ao se vestir ou antes de dormir. Para que seja eficaz, a mulher deve procurar um especialista em caso de suspeita de alterações. Segundo pesquisas, aproximadamente 65% das mulheres descobrem tumores ao acaso. 

Informação é fundamental

Mais importante do que concentrar-se na técnica é obter informações corretas de forma que a detecção precoce seja possível. Entre as recomendações oficiais do Inca, destacam-se:

1. Toda mulher deve ficar alerta aos primeiros sinais e sintomas do câncer de mama, procurando avaliação médica.

2. Toda mulher deve saber que o controle de peso corporal e da ingestão de álcool, além da amamentação e de atividades físicas, são formas de prevenir o câncer. Informe-se e viva com saúde!

Exame muito necessário

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também MULHER

Desmatamento está entre principais causas de surtos de doenças infecciosas em humanos, diz estudo

Desmatamento está entre principais causas de surtos de doenças infecciosas em humanos, diz estudo

Mergulhadores encontram corpo de jovem que se afogou no Rio Alcobaça

Mergulhadores encontram corpo de jovem que se afogou no Rio Alcobaça

Menino de 3 anos tem parte do pênis amputada durante cirurgia

Menino de 3 anos tem parte do pênis amputada durante cirurgia

Prefeitura Municipal de Vereda realiza construção de barragem no distrito de Sulzinho

Prefeitura Municipal de Vereda realiza construção de barragem no distrito de Sulzinho

Últimas publicações