Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 26/07/2019 às 14h21min

“Consórcio não é lugar para fazer política”, diz Rui Costa a prefeitos do sul da Bahia

compartilha nas redes sociais:
Repórter: Raul Rodrigues


O governador Rui Costa está em uma extensa agenda no sul da Bahia, iniciada com a inauguração, em Ilhéus, de uma rede atacadista de supermercado, nesta sexta-feira (26). Em seguida, participou, no Centro de Convenções do município, de reunião com prefeitos da região para tratar da criação de consórcios municipais de infraestrutura e para destinação de resíduos sólidos. 


Para o governador, o consórcio de infraestrutura tem que ter máquinas, mas também tem que ter funcionário contratado com carteira assinada, capacitado, para operar os equipamentos. "Não é um empregado municipal para operar os equipamentos modernos, que eles não conhecem. É o funcionário do consórcio, treinado para isso. Não adianta disponibilizar uma máquina moderna para o município e não ter uma pessoa preparada para operar aquele equipamento".


Ainda de acordo com Rui, que está acompanhado do secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, o consórcio não funciona só com a parte do Estado, é preciso ter engajamento dos prefeitos. "Olhem para os consórcios como ferramenta de gestão, consórcio não é lugar para fazer política. O consórcio é uma ferramenta com a qual eu posso fazer mais coisas para o meu município por um custo menor".


Destino dos resíduos sólidos


O governador Rui Costa também afirmou que o objetivo da reunião é, assim como foi feito no consórcio de Saúde, dar uma solução aos resíduos sólidos por meio de parceria entre Estado e municípios. "O primeiro passo, eu entendo, é que cada município tem que tomar consciência de que sozinho não tem fôlego para resolver essa questão. Nós não podemos ir a lugar nenhum ficar jogando lixo a céu aberto, muito menos em uma região com forte apelo turístico. Se nós quisermos que toda a região traga cada vez mais investimentos em pousadas, hotéis, restaurantes, gente para vir gastar dinheiro na região, gerar emprego, nós temos que, definitivamente, resolver a questão de limpeza pública e coleta e destino do lixo", destacou.

Rui lembrou que a responsabilidade da destinação dos resíduos sólidos pertence, legalmente, ao município. "O Estado quer ser colaborador, mas a decisão cabe, exclusivamente, ao município. Eu acredito que a solução é um consórcio. Como os municípios têm baixa capacidade de investimento, e o Estado tem um pouco mais de articulação, acredito que possamos nos juntar e organizar o tratamento de lixo sólido de forma consorciada". 


De tarde, em Itabuna, Rui participa de uma visita guiada com a imprensa ao Teatro Municipal Candinha Dória, que será inaugurado por ele às 19h, com apresentações musicais e artísticas.
Repórter: Raul Rodrigues

Política governador consorcio prefeitos

Comentários

Para comentar esta notícia é necessário entrar com seu login no FACEBOOK.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também POLíTICA GERAL

Morador de Teixeira morre em acidente com caminhão na BR 101 na Bahia

Morador de Teixeira morre em acidente com caminhão na BR 101 na Bahia

Confira o resultado da classificação final do processo seletivo 2019 da PMTF

Confira o resultado da classificação final do processo seletivo 2019 da PMTF

Irmãs são presas por provocar morte do irmão ao desligar aparelhos em hospital na BA

Irmãs são presas por provocar morte do irmão ao desligar aparelhos em hospital na BA

Homem encontrado morto dentro de rio em Mucuri é identificado

Homem encontrado morto dentro de rio em Mucuri é identificado

Últimas publicações