Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 28/12/2017 às 15h36min

Temóteo Brito faz retrospectiva do primeiro ano de mandato

compartilha nas redes sociais:
Por: Foco no Poder

"Quero mandar uma mensagem de paz e de amor para todos que vivem e moram em nosso município e desejar um feliz e próspero ano novo e que 2018 seja um ano melhor para todos. Mesmo porque 2017 foi um ano muito difícil para todos os brasileiro".


Em entrevista concedida ao jornalista Dilvan Rocha do site Foco no Poder, o prefeito faz uma retrospectiva deste primeiro ano de governo e fala de projetos futuros para o município. Entrevista na íntegra;

1 – Foco no Poder

Sr. Temóteo, depois de ter sido prefeito duas vezes, depois de 20 anos que deixou o poder, teve a determinação de insistir, e depois de 5 tentativas voltou a ser prefeito. Qual a sensação que o Sr. tem agora?

Temóteo Brito – Governei Teixeira em uma situação muito adversa, com uma arrecadação muito pequena ainda, mesmo assim, consegui realizar obras que marcaram as minhas duas administrações. Mas, na minha última gestão, tivemos problemas sérios de sequestro de verbas e, por isso, houve atraso de salários.

Para voltar ao poder, foi uma caminhada longa e sofrida, mas, para mim, passou a ser uma questão de honra voltar a governar Teixeira e deixar meu nome gravado na história da cidade de forma positiva e não como o prefeito que atrasou salários, como foi intensamente explorado pelos adversários políticos nesse período, de forma impiedosa, sem sequer levar em conta o tanto que realizamos. Para que isso fosse possível, passei entender que era preciso fazer um arco de alianças forte capaz de derrotar o prefeito do PT, que estava estabelecido no poder com fortes apoiadores – tanto a nível estadual como federal. Para conseguirmos a vitória, foi importante esse arco de alianças, até com adversários históricos, mas que se uniram em torno do meu nome para, juntos, derrotarmos o PT.

Entendo que a aliança foi importante para conseguirmos a vitória, e, por isso, procurei cumprir os compromissos políticos; para tanto, vários cargos foram distribuídos entre os partidos que me ajudaram a ganhar a eleição. Até agora, as duas secretarias que não continuam nos cargos foram as entregues ao ex-deputado Uldurico Pinto, mas os secretários das outras alianças continuam. Mesmo assim, pretendo manter o compromisso político de apoiar o deputado Uldurico Junior, irei procurar contribuir para a sua reeleição.

Assim que assumi o mandato, me deparei com uma situação crítica do município, com uma dívida acumulada pelas gestões anteriores de cerca de 200 milhões de reais e com restos a pagar de 47 milhões, e dívidas com o INSS de parcelamentos que não foram honrados, o que provocou sequestro no valor de 12 milhões de reais. Diante desse quadro preocupante, tive que exercer controle rigoroso sobre os gastos públicos e usar mão de ferro para governar. Por isso, fui criticado como centralizador, entretanto, se não agisse assim, levaria o município à insolvência e não teria condição de manter sequer a folha de pagamento rigorosamente em dias, sem atrasar salários e com condição de pagar o décimo terceiro, além de ter conseguido fazer investimentos, principalmente, nos setores mais prioritários, como infraestrutura, saúde e geração de empregos.

Na infraestrutura, conseguimos fazer cerca de 100 mil metros quadrados de asfaltamento – o que atingiu cinco bairros, pois sei que esse é o grande sonho do cidadão teixeirense, uma vez que a cidade só tinha 19% de ruas pavimentadas, sendo que 13% era asfalto e 6% de blokete e paralelepípedo. A partir de 2018 iremos avançar muito em asfalto, pretendo chegar ao final do ano com o dobro do que a cidade tinha, ou seja, com 40% da cidade asfaltada, e no final do meu governo meu desejo é deixar a cidade com 60% das ruas asfaltadas, ou seja, 2 vezes mais do que todos os outros prefeitos juntos fizeram, incluindo os meus dois mandatos.

Na saúde, pretendo fazer de Teixeira uma referência a nível estadual e até mesmo federal. Até agora, temos feitos investimentos pesados no hospital municipal, pois recebemos um hospital completamente sucateado e fazia vergonha percorrer as suas dependências. Já reformamos a Unacon, a Hemodinâmica, o Centro Cirúrgico, fizemos uma nova cozinha, ampliamos as enfermarias, acrescentando novos leitos, além disso, equipamos o hospital com novos equipamentos e estamos reformando toda a rede elétrica, pois corria sério risco de um incêndio a qualquer momento com a rede elétrica subdimensionada. Além disso, assinamos a ordem de serviço para a construção da UMMI e de uma nova Unacon, obras que pretendo entregar daqui a 6 meses. Estou lutando para conseguir colocar as unidades de saúde que prestam serviço para a região dentro do Consórcio de Saúde, o que é justo, porque Teixeira está pagando a conta sozinha, quando os 13 municípios são beneficiados. Com isso, iremos desonerar o município, que, hoje, está com o índice de pessoal acima do que é estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Colocamos médicos para atender em todos os postos de saúde, porque, quando assumimos, vários postos estavam sem médicos.

Quanto à outra prioridade, que é a geração de empregos, estamos buscando novas indústrias para se instalarem em Teixeira, dando incentivos fiscais, para isso, ativamos o distrito industrial do município, que foi criado pela gestão do Pe. Apparecido, mas, estava invadido, retiramos o pessoal e vamos dar aos invasores terrenos para eles construírem suas casas. Vamos incentivar também que novas indústrias sejam instaladas no Polo Industrial da Sudic, que foi criado na nossa última gestão e, até hoje, não foi ocupado adequadamente. Outra fonte de geração de empregos é através do agronegócio, vamos procurar fortalecer as cadeias produtivas no campo, dando o apoio necessário através da Secretaria de Agricultura, principalmente para os pequenos produtores rurais, para isso, estamos dotando a Secretaria de patrulha mecânica e vamos procurar dar todo apoio ao produtor rural, buscando, inclusive, junto aos bancos oficiais, facilitar os financiamentos para os diversos setores, como, por exemplo, o polo cafeeiro, que está se instalando na região de forma muito forte e é uma grande fonte de riqueza e de geração de emprego, fixando o homem no campo. Procuramos resgatar a Exposição de Teixeira de Freitas, que é uma grande mola propulsora da agropecuária na região do Extremo Sul da Bahia. Além de reerguer a Coopmista, com ajuda do presidente Artur Teixeira. Vamos fortalecer também o nosso Sindicato Rural, que, recentemente, foi eleita uma nova diretoria e terá à frente o nosso secretário de Agricultura Dori Neves, que, tenho certeza, que fará um grande trabalho para fortalecer toda cadeia produtiva.

Outras fontes de geração de empregos estão no comércio e na prestação de serviços, o fato de Teixeira ser uma cidade-polo, esses dois segmentos tendem a crescer cada vez mais com novos empreendimentos que estão acontecendo em Teixeira. Além disso, os polos educacionais e de saúde estão cada vez ficando mais fortes e também são grandes geradores de empregos, mesmo porque atendem a toda região, não só do Extremo Sul, como também do nordeste de Minas Gerais e do norte do Espírito Santo. A prova maior de que Teixeira é um centro de negócios é que hoje a cidade já tem várias agências bancárias e a maioria dos bancos tem mais de uma agência, como são os casos do Banco do Brasil, o Itaú – com 2 agências, e o Bradesco, e o Sicoob – com 3 agências. Se está havendo a proliferação de agências bancárias é porque o dinheiro circula de forma forte na cidade. Outro fator importante é que o dinheiro da prefeitura, desta vez, circula na cidade e não temos empresas prestando serviço à prefeitura e levando o dinheiro para fora, o que causava uma verdadeira sangria na economia da cidade.

2 – Foco no Poder

Prefeito, durante o primeiro ano do seu mandato, afirmou reiteradas vezes que não queria falar de política e sim de gestão – e isso ficou evidente. Ocorre que 2018 é ano político, inevitavelmente o eleitor de Teixeira vai cobrar seu posicionamento e, agora?

Temóteo Brito – Já tenho dito que acompanharei a orientação do meu partido, o PSD, que ajudei o senador Otto Alencar fundar na Bahia quando fui deputado. Para isso, ajudei levar alguns colegas deputados e alguns prefeitos para se filiarem ao partido que hoje é o mais forte da Bahia, com 83 prefeitos e na Assembleia Legislativa tem o presidente Ângelo Coronel, que é do PSD. Também conta com 8 deputados estaduais e 5 deputados federais, sob o comando desse grande líder político baiano que é o senador Otto Alencar, que já ocupou várias funções na política baiana e, além de tudo, somos amigos há mais de 30 anos. Quanto aos apoios a deputado federal, eu tenho um compromisso político de apoiar o deputado Uldurico Junior e pretendo honrar esse compromisso. Com relação a deputado estadual, pretendo tratar desse assunto a partir de fevereiro. O que preciso deixar claro é que não posso sacrificar o município, mais ainda, para investir em candidaturas em detrimento de priorizar os investimentos nos setores essenciais, mas irei me empenhar para ajudar eleger os candidatos que apoiarmos, vou pedir o voto a nossos eleitores além de ajudar fazer a campanha na região, pedindo apoio às lideranças políticas. A maior força para o voto de deputado é o voto de lideranças, porém, em Teixeira, a força maior do voto é para candidatos da terra, o eleitor resiste em votar em candidatos de fora. O voto distrital está cada vez mais sendo exigido do eleitorado, isso porque o candidato de fora só aparece de 4 em 4 anos, para pedir o voto e depois desaparece. O eleitor exige a participação e a presença daquele a quem ele ajudou eleger para cobrar diretamente os compromissos assumidos.

 

3 – Foco no Poder

Quais são as suas prioridades para o ano de 2018?

Temóteo Brito – As prioridades são aquelas que o povo mais deseja e quer. De acordo com as pesquisas, o que o povo mais quer são: um atendimento da saúde de forma mais humanizada, mais infraestrutura, mais geração de empregos, de forma que as pessoas tenham mais dignidade e possam ganhar o seu pão com trabalho honesto, e uma educação de qualidade. Esses 4 itens são os mais importantes, mas, daremos muita atenção nas questões sociais, porque uma grande parcela da população é carente e precisa ser cuidada com mais carinho pelos governantes.

Eu digo sempre que penso em Teixeira daqui a 30 anos e não estou preocupado com as próximas eleições, me preocupo, sim, com as próximas gerações. Precisamos assegurar um futuro melhor para a juventude que precisa estar preparada para enfrentar o mercado de trabalho; temos que combater a violência de forma preventiva e não apenas de forma repressiva. Muitos jovens enveredam pelos caminhos das drogas e do crime por falta de opção e esse é um caminho sem volta. Os jovens, muitas vezes, de forma inocente, são atraídos pelos traficantes para o uso da droga e enveredam pelo caminho da criminalidade, terminam perdendo a vida prematuramente, vítimas do próprio destino. Essa é uma realidade dura que devemos encarar de frente e, na maioria das vezes, os governantes fazem vista grossa e negligenciam em buscar soluções para ajudar resolver os graves problemas, diante dos quais a sociedade fica impotente, sem meios de resolver. Mas, a raiz do problema está na falta de oportunidades, principalmente para a juventude. Nós temos o dever de ajudar nossa cidade ser mais humana e mais justa para com os nossos filhos.

4 – Foco no Poder

Tem algo mais a acrescentar ?

Temóteo Brito – Quero mandar uma mensagem de paz e de amor para todos que vivem e moram em nosso município e desejar um feliz e próspero ano novo e que 2018 seja um ano melhor para todos. Mesmo porque 2017 foi um ano muito difícil para todos os brasileiros. Teixeira, hoje, já deve estar caminhando para ter uma população de 200 mil habitantes e ocupará em breve a 4ª posição do interior da Bahia. Isso está acontecendo devido a ser um polo de desenvolvimento, com todas as suas diversidades, principalmente na produção agrícola, que é a razão maior da sua potencialidade, isso porque 52% do seu Produto Interno Bruto (PIB) vem do agronegócio e estamos avançando a passos largos para Teixeira se transformar em uma metrópole e, por isso, temos pressa em dotar a cidade de infraestrutura e condições de sobreviver em paz e com dignidade. As lideranças políticas não devem apostar no quanto pior melhor, procurando aproveitar da miséria do povo e, com isso, causar a revolta popular visando levar vantagem. Temos que ter responsabilidade e procurar construir coisas grandiosas e duradouras, que possam servir de modelo e exemplo para que as futuras gerações venham a se orgulhar do passado dos seus antecessores, como hoje nos orgulhamos dos grandes homens que foram nossos governantes e que deixaram seus nomes gravados nas páginas da nossa história.

Teixeira Temóteo retrospectiva

Veja também POLíTICA GERAL

Medeiros Neto recebe qualificação nacional do SAMU

Medeiros Neto recebe qualificação nacional do SAMU

Bebê de 08 meses é espancado até a morte pelos pais

Bebê de 08 meses é espancado até a morte pelos pais

CINCO PASSOS PARA PREVENIR E TRATAR CELULITE

CINCO PASSOS PARA PREVENIR E TRATAR CELULITE

Anemia não é só falta de ferro; saiba outros fatores e como evitar

Anemia não é só falta de ferro; saiba outros fatores e como evitar

Últimas publicações