Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 29/07/2018 às 21h43min

Prefeitura de Medeiros Neto dá Inicio a construção de rede fluvial de Itupeva

Obra é uma reivindicação antiga dos moradores
compartilha nas redes sociais:
Vanessa Silva/Ascom


A Prefeita de Medeiros Neto, Jadina Paiva Silva, juntamente com o Secretário interino de Administração, Ricardo ítalo, Diretor de Obras, Elsinho Silva, Mestre de Obras, Juracir e o administrador do distrito, “Bolinha”, esteve fiscalizando mais uma obra, no distrito de Itupeva, nesta quinta-feira (26).

Na ocasião, a prefeita deu autorização para a construção de uma rede fluvial na Rua Castro Alves, mais conhecida como “buraco do velino”, que é uma das mais atingidas pelos danos das enxurradas. A obra tem como objetivo solucionar o problema do escoamento das águas da chuva.

O projeto, que está na fase inicial, abrange uma área de 230 m² de rede fluvial e já dispõe de 130 m² concluídos. De acordo com o responsável, manilhas 100 estão sendo usadas na construção da rede, para maior poder de escoamento.

Segundo moradores do distrito, a obra é uma reivindicação antiga, pois, em tempos de chuva, a localidade fica intransitável e, além dos alagamentos nas casas, há ainda o acúmulo de detritos vindos, principalmente, da área do cemitério local.

De acordo o Sr. Avelino Pereira dos Santos, que reside no local há mais de 40 anos, a obra é uma surpresa, visto que a população já estava desacreditada, devido à falta de compromisso das gestões anteriores.“ Nós, daqui de Itupeva, não acreditávamos mais que esta obra seria feita, pois, muitosgestores que passaram por aqui, só prometeram e nunca fizeram nada a respeito. Quando a prefeita Jadina entrou no poder fiz uma promessa, se ela resolvesse nosso problema, eu vestiria uma saia e andaria pelas ruas da cidade”, conclui, animado, o Sr. Avelino.

A prefeita Jadina Paiva comentou que, entre os benefícios que a obra traz, o mais importante é a dignidade dos moradores. “Meu principal objetivo é trazer aos moradores a dignidade de poder ter suas casas em segurança, ao contrário das antigas gestões, que se recusaram a fazer a obra, por dizer que ‘obra debaixo do chão, ninguém vê’, eu acredito que nosso objetivo é suprir as necessidades da população”, sintetizou a Prefeita.

O administrador do distrito de Itupeva, “Bolinha”, comentou que, com a chegada da rede fluvial, também será resolvido um dos grandes problemas dos moradores, que é a desvalorização dos terrenos da localidade, e que haverá um maior aproveitamento dos quintais das residências, uma vez que a obra evitará deslizamentos de terra.


M. Neto rede fluvial Itupeva

Veja também INFRAESTRUTURA

Atropelamento e morte na BR 101, próximo a Itabela

Atropelamento e morte na BR 101, próximo a Itabela

“A vida não Pode Parar” - Alunos do CEMAS montam peça teatral em alerta contra o suicídio

“A vida não Pode Parar” - Alunos do CEMAS montam peça teatral em alerta contra o suicídio

Suzano Papel e Celulose beneficia produtores de maracujá na Bahia

Suzano Papel e Celulose beneficia produtores de maracujá na Bahia

É possível casar e morar em casas separadas?

É possível casar e morar em casas separadas?

Últimas publicações