Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 08/01/2018 às 09h21min

CURTAS E PICANTES (63)

compartilha nas redes sociais:
Dilvan Coelho

Novas esperanças

Com o novo ano se renovam as esperanças. Existe a expectativa de que a economia vai continuar reagindo até com mais intensidade. Isso acontecendo os eleitores votarão de acordo com o bolso e a economia será o grande cabo eleitoral. Para a economia reagir será preciso tomar medidas amargas e o presidente certamente aumentará a impopularidade e não será um bom cabo eleitoral, mas por trás da cortina poderá ajudar a eleger o presidente e alguns governadores, ele sempre atuou nos bastidores e é um bom estrategista.

 

É prematura a decisão

O governador Rui Costa, que é candidato a reeleição, disse que é preciso esperar o tempo certo para definir as candidaturas na chapa majoritária. Disse que é preciso ter paciência para tomar decisão no tempo certo. Além do mais as coisas podem mudar a depender do cenário que se coloque. Confirmou que é evidente que deve ter espaço na chapa o PT, o PSD, e o PP, por causa da posição de destaque que possuem hoje. O PR que está atraindo Ronaldo Carletto, e quer se cacifar para ter candidato, tem pouca chance. Entretanto ele poderá levar junto o partido (PR) para apoiar ACM Neto. Desfalcando assim a base governista.

 

Pesquisas incomodam

A verdade é dura, mas é a verdade. Quando comentamos as pesquisas na região mostrando a rejeição do prefeito de Nova Viçosa que chegou a níveis insustentáveis, teve uma grande repercussão, não só no município, mas em toda região, os correligionários do prefeito questionaram a credibilidade da pesquisa. Sugerimos que fizessem uma pesquisa com Instituto idôneo que mostrassem o resultado favorável ao prefeito que publicaríamos. Acontece que ninguém aceitou o desafio e preferem permanecer navegando no escuro. A pesquisa é uma radiografia do momento, pode ser que mude a qualquer instante.

 

Pesquisa de Mucuri

No final de dezembro recebemos pesquisa de Mucuri, a administração está reprovada, mas os índices não estão muito críticos, e se o prefeito atuar elegendo as prioridades pode recuperar os índices como aconteceu com Teixeira de Freitas, que com 3 meses conseguiu reverter o quadro. Dos municípios da costa das baleias, tirando Caravelas o melhor avaliado, resta na ordem de reprovação Nova Viçosa, Prado, Alcobaça e Mucuri. Em todos eles existe a possibilidade de reverter o quadro, se os prefeitos atuarem de acordo o desejo do povo e realizando as promessas de campanha, que são os maiores pesadelos dos governantes.

 

Plano de asfaltamento

Assim que terminou o recesso no dia 03 de janeiro, o asfalto do bairro Recanto do Lago foi iniciado, com o preparo das ruas em ritmo acelerado. Nenhum prefeito quis asfaltar um dos melhores bairros de Teixeira que pode ser o cartão de visita da cidade. O ex-prefeito afirmava que não asfaltava porque existiam moradores que estavam com o IPTU atrasado. Um dos exemplos folclóricos foi no bairro Monte Castelo, o ex-prefeito não asfaltou a rua Uirapuru aonde existe uma escola com grande fluxo de veículos, porque um dos moradores devia o imposto, mesmo quitado pelos moradores, o ex-prefeito não autorizou asfaltar, entretanto o atual prefeito já asfaltou a rua que era de extrema necessidade.

Coluna Dilvan Teixeira

Veja também CATEGORIA GERAL

Posto de recebimento de embalagens vazia é inaugurado em Teixeira de Freitas

Posto de recebimento de embalagens vazia é inaugurado em Teixeira de Freitas

Internado às pressas, Erasmo cancela parceria com Milton

Internado às pressas, Erasmo cancela parceria com Milton

Polícia Federal cumpre mandados por fraudes na Casa da Moeda

Polícia Federal cumpre mandados por fraudes na Casa da Moeda

Carga de cocaína avaliada em meio milhão seria vendida na Micareta

Carga de cocaína avaliada em meio milhão seria vendida na Micareta

Últimas publicações